sexta-feira, 29 de agosto de 2014

As coisas que a vida tece

Andar por aí tem algumas exigências nomeadamente, arranjar quem me vigie o "gado". E, inevitavelmente, a sorte calha sempre aos meus sobrinhos. Às vezes é um, outras vezes é o outro. Mas desta vez foram os dois. "O Jota também pode ir?" - Pode. A este Jota acrescenta-se a novidade. O pai deles, divorciado da minha irmã, está emigrado "na França". Tem mulher "nova" e um enteado de 17 anos que veio com ele ao Porto: Tia, o G. também pode ficar aí? - Os meus sobrinhos também lá vão e ninguém os trata mal, o miúdo não tem culpa destas coisas. - Acedi e agora que penso nisso: foda-se, somos uma família muito moderna! Aliás, sou quase uma Sofia Vergara, só me faltam aumentar dois pormenores à frente e um pormenor atrás.

6 comentários:

  1. Respostas
    1. E não estaria a mentir. Aí, nesse pormenor, não estaria a mentir :D

      Eliminar
  2. A Sofia é que é quase como tu, Sister! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto desse ponto de vista! A Sofia é quase como eu, só tem que diminuir os pormenores ;)

      Eliminar