quinta-feira, 11 de junho de 2015

As mulheres são as piores inimigas das outras mulheres

Se há frase que me faz confusão, é esta. Não acredito nela. Tenho muitas amigas, todas diferentes. Amigas para todas as ocasiões e estados. Tenho amigas que não acreditam na humanidade, amigas que analisam tudo à lupa, as que momentaneamente duvidam das suas capacidades, as que têm uma fé inabalável na humanidade, as “brutally honest”, as fofinhas, as complicadas, as práticas, as racionais, as sonhadoras, etc. Tenho amigas que vão comigo à loja do chinês, à Fashion Clinic, à Zara, ao supermercado, à merda e ao inferno se preciso for. Gosto de todas, fazem-me falta todas. As outras não me interessam.

10 comentários:

  1. Guarda o chinês, a merda e o inferno para mim, companheira :)
    Beijinhos e muitas saudades!
    (vou ao Porto este mês, dar beijinhos a um tio velhinho, mas quero guardar um bocado para tomar uma cafezada contigo — ou uma cerveja preta pelo gargalo. E isto não é chinesice, merda, nem inferno :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai ser tão fixe! Cá te espero, companheira :)

      Eliminar
  2. (*em Julho, eu é que ando toda baralhada :D)

    ResponderEliminar
  3. Mas são pouco gregárias. Não jogam bilhar há trinta anos.

    Olá, como estás? .)

    ResponderEliminar
  4. Esse título dava um tratado , ou como se diz agora uma tese de mestrado ou doutoramento; por mim , não vale a pena!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não se chegava a conclusão nenhuma, certo? :)

      Eliminar